A emoção e a alegria vão contagiar o Teatro Riachuelo, dia 21/12, na estreia nacional da Cantata de Natal de Alexandre Schubert. Mais de 200 artistas entre cantores do Coro da Associação de Canto Coral e músicos da Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro, com direção musical de Jésus Figueiredo, apresentarão ainda A Christmas Festival, de Leroy Anderson. No programa, também duas obras só instrumentais: abertura da ópera O Morcego, de Johann Strauss Jr, e Concerto para viola e orquestra em Ré Maior, de Franz Anton Hoffmeister 

Garanta já sua presença, comprando o ingresso ou na bilheteria do Teatro Riachuelo ou pelo Sympla:

https://bileto.sympla.com.br/event/78302

O espetáculo grandioso vai reunir no palco, às 18h, cerca de 130 cantores dos oito coros da Associação de Canto Coral, uma instituição sem fins lucrativos, que completa 81 anos ininterruptos de promoção do canto coral em dezembro deste ano. Na Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro, fruto do programa Ação Social pela Música do Brasil (ASMB), estarão 55 músicos de grande talento e dedicação, em sua grande maioria, residentes de comunidades socioeconomicamente desfavorecidas do Rio de Janeiro. Os solistas são:

Helen Heinzle (soprano), Ciro d’Araújo (barítono) e Natanael Paixão (Viola de Corda).

Schubert, que é formado e professor de Composição da Escola de Música da UFRJ, compôs esta cantata no início de 2020, após conversa com o maestro alemão Stefan Kelber, que é diretor artístico e regente da Jugendsinfonieorchester Schwerin. “Foi uma espécie de encomenda para o Natal de 2020. Ele queria uma cantata com a sonoridade brasileira. Então compus, usando até o tema de uma música que tinha feito para o meu filho aos cinco anos, quando ele começava a aprender a tocar violino. A inspiração foi o presépio de Natal, com seus personagens”, conta Alexandre.

Mas veio a pandemia e a Cantata não estreou. Agora, felizmente, que a situação sanitária está controlada será uma estreia dupla. Na Alemanha, em 10 de dezembro, e no Brasil, no dia 21, com o Coro da Associação de Canto Coral. “Foi uma alegria ser convidado pelo maestro Jésus Figueiredo para estrear a Cantata com o Coro da Associação, que teve papel fundamental no início da minha formação musical. Costumava assistir aos concertos regidos pela maestrina Cleofe de Matos e maestros convidados. Cheguei a me apresentar certa vez, ao violino, junto com a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio, com a sua primeira formação nos anos 80, ao lado do Coro da ACC”, emociona-se Schubert ao lembrar.

A noite vai ser mesmo de celebração. O Coro da ACC volta a se reunir com os integrantes de todos os oito corais da Associação (Sinfônico, Câmara, Lírico Feminino, Tu Voz, Mi Voz, Prelúdio, Madrigal, Intercantus e Grupo Vocal), após a pandemia. O último grande concerto foi em dezembro de 2019, a Cantata de Natal de Ricardo Tacuchian, no Theatro Municipal do Rio.

Já a Orquestra Jovem, criada pelo maestro David Machado, atuou na sua primeira fase de 1982 a 1987, com um projeto muito bem-sucedido. Em 2014, houve a retomada, integrada à ONG Ação Social pela Música do Brasil (ASMB). Com direção artística de Fiorela Solares, viúva do maestro David Machado, vem se apresentando em aclamados recitais. “Neste processo de aprendizagem, os alunos da ASMB adquirem maior disciplina, concentração, capacidade de trabalho em equipe, respeito e paixão pela arte, afastando-os, consequentemente, de atividades nocivas muito próximas de seu meio social”, garante David Nascimento, diretor assistente artístico da OSJRJ. O solista da orquestra é Natanael Paixão, 22 anos, que toca viola de arco. Natanael é um dos fundadores da Camerata Jovem, grupo que já fez duas turnês pela Europa e EUA.

Na Cantata de Schubert, os personagens da história do nascimento de Jesus tem destaque na obra. Não há narração. Anjos, pastores, a estrela, o presépio, Maria e José, e o menino Jesus, a Luz do Mundo, vem de forma melódica e lúdica, encantando o público.

Aproveite a proximidade do Natal, para assistir aos espetáculo, presentear os amigos, com ingressos de R$ 15 (meia) a R$ 50 (inteira) no Teatro Riachuelo, na Cinelândia.  

Programa

Abertura O Morcego – Johann Strauss Jr (1825 -1899)

Concerto para viola e orquestra em Ré Maior – Franz Anton Hoffmeister (1754 – 1812)

Cantata de Natal – Alexandre Schubert (1970) – Estreia Nacional

A Christmas Festival – Leroy Anderson (1908-1975)

DURAÇÃO: 60 minutos

CLASSIFICAÇÃO:  Livre

FICHA TÉCNICA

CORO DA ASSOCIAÇÃO DE CANTO CORAL

Presidente: Julieta Malouf

Vice-Presidente: Diogo Barcelos

Direção Musical e Regente Titular: Jésus Figueiredo

Direção de Produção: Celeste Gomes Figueiredo

Regentes Preparadores: Bruno Marques, Claudio Ávila, Luiz Carlos Peçanha, Miguel Torres, Zeca Rodrigues

Preparadora Vocal: Vera Prodan

Assistentes de Produção: Cleiton Sobreira, Lolly Pastene, Rosana Tinoco e Ricardo Aguirre

Coordenadora de Comunicação: Andréa Shad

Assistente de Comunicação: Ana Luiza Gomes

ORQUESTRA SINFÔNICA JOVEM DO RIO DE JANEIRO

Maestro Titular: Clóvis Pereira Filho 

Diretora Artística: Fiorella Solares 

Assistente de Direção Artística: David Nascimento 

Coordenador Orquestra/ Produção: Rubem Calazans 

Assistentes de Produção: Olavo John Clemente, Moisés Galvão, André Laport e Vinícius Nascimento 

Arquivista: Olavo John Clemente